Saturday, 25 June 2016 23:10

19. Igreja em Tiatira, falsificando a verdade * Apocalipse 2:18-29, Parte 1 de 3

Written by

 18 Ao anjo da igreja em Tiatira escreva: Estas são as palavras do Filho de Deus, cujos olhos são como chama de fogo e os pés como bronze reluzente.

19 Conheço as suas obras, o seu amor, a sua fé, o seu serviço e a sua perseverança, e sei que você está fazendo mais agora do que no princípio.

20 No entanto, contra você tenho isto: você tolera Jezabel, aquela mulher que se diz profetisa. Com os seus ensinos, ela induz os meus servos à imoralidade sexual e a comerem alimentos sacrificados aos ídolos.

21 Dei-lhe tempo para que se arrependesse da sua imoralidade sexual, mas ela não quer se arrepender.

22 Por isso, vou fazê-la adoecer e trarei grande sofrimento aos que cometem adultério com ela, a não ser que se arrependam das obras que ela pratica.

23 Matarei os filhos dessa mulher. Então, todas as igrejas saberão que eu sou aquele que sonda mentes e corações, e retribuirei a cada um de vocês de acordo com as suas obras.

24 Aos demais que estão em Tiatira, a vocês que não seguem a doutrina dela e não aprenderam, como eles dizem, os profundos segredos de Satanás, digo: não porei outra carga sobre vocês;

25 tão-somente apeguem-se com firmeza ao que vocês têm, até que eu venha.

26 Àquele que vencer e fizer a minha vontade até o fim darei autoridade sobre as nações.

27 "Ele as governará com cetro de ferro e as despedaçará a um vaso de barro"

28 Eu lhes darei a mesma autoridade que recebi autoridade de meu Pai. Também lhe darei a estrela da manhã.

29 Aquele que tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas.

 

PARTE 1

 

*** História ***: A cidade de Tiatira ficava cerca de 64,5 km ao sudoeste de Pérgamo. Ao contrário das primeiras 3 cidades, Tiatira não era um centro intelectual, ou uma metrópole da elite. Basicamente, era uma cidade de trabalhadores. A sua importância vinha da sua força comercial. Mais sindicatos de trabalhadores foram encontrados na cidade de Tiatira do que em qualquer outra cidade da província romana da Ásia. A potência de seu comércio vinha de várias indústrias: lã, linho, vestuário, tinturaria, couro, cerâmica, padaria, mercado de escravos, e bronze. Na verdade, uma das indústrias mais fortes era da tintura púrpura. A Bíblia menciona uma mulher de Tiatira, chamada Lídia, que era comerciante de tecido púrpura (Atos 16:14). Essa era uma cor muito rara, difícil de ser produzida. Essa tintura era feita a partir de uma planta chamada garança (Rubia tinctorum).

Para que as pessoas pudessem se tornar membros de um sindicato, elas tinham que participar das festividades pagãs, e comer dos alimentos oferecidos aos deuses. Esses eventos normalmente terminavam em bebedeira e comportamentos imorais. Aqueles que se recusassem a participar não necessariamente seriam perseguidos, mas iriam passar por isolamento social e dificuldades. Para se conseguir um emprego, era necessário fazer parte de uma associação comercial.

Segundo arqueólogos, Tiatira teve início por volta de 3000 AC. Ela foi uma das primeiras cidades a utilizar dinheiro. Em 290 AC, Seleuco I Nicanor mudou o nome da cidade de Pelopia para Tiatira. Existem muitas opiniões a respeito do significado exato do nome Tiatira. Hoje, ela é a cidade de Akhisar, que significa “castelo branco”. Alguns escritores sugerem que o significado do nome Tiatira seja “doce sabor do trabalho”. Outros sugerem o significado “filha”, já que a filha de Seleuco havia nascido por volta da época que ele renomeou a cidade. Seleuco era um dos generais de Alexandre o Grande, e após a morte de Alexandre, Seleuco passou a ter domínio sobre uma grande parte do que Alexandre havia conquistado. Seleuco passou a dominar várias regiões  bem interessantes, como Babilônia, Anatólia central, Pérsia, Mesopotâmia, entre outras. Após a morte de Alexandre em 323 AC, Seleuco passou a dominar a região da Fenícia, inclusive as cidades de Tiro e Sidon. Tiro e Sidon eram cidades vizinhas, que foram consolidadas em um só reino por um rei mencionado na Bíblia, o rei Etbaal. Algumas pessoas especulam que a mudança de nome de Pelopia para Tiatira teve a ver com a velha cidade fenícia de Tiro. Quando comparamos as duas cidades, vemos muitas coisas em comum. Um fato se destaca quando olhamos a história de Tiro e a carta a Tiatira. O rei Etbaal era o pai de uma mulher que tinha o mesmo nome da mulher mencionada nessa carta à Tiatira. Ele era o pai de Jezabel (1 Reis 16:31). Isso nos leva a pensar que existe uma conexão profética entre as cidades de Tiro e Tiatira.

Tiro era uma cidade dividida. Uma parte ficava no continente, e outra era uma ilha a um pouco menos de 1 km de distância da costa. Na realidade, Tiro era uma cidade que se havia originado de Sidon, mas eventualmente a ultrapassou em importância. Tiro, assim como Tiatira, era uma cidade comercial (Ezequiel 27), e era também uma cidade famosa pela fabricação da tintura púrpura (Ezequiel 27:16). A palavra púrpura, do Hebreu argaman, às vezes é traduzida como vermelho, mas de acordo com a concordância bíblica (Strong), a palavra se refere à cor púrpura. Tanto é, que a palavra Fenício significa “povo púrpura”, do grego Phoinikes. Eles extraiam a cor púrpura do molusco Murex. Essa era uma tintura muito rara, e muito valiosa. Por isso ela se tornou a cor usada pela realeza.

Nabucodonosor II (o mesmo da visão do capítulo 2 de Daniel) lutou na apreensão de Tiro de 586 à 573 AC, e finalmente, quando conseguiu capturar a cidade, ele descobriu que a maioria das pessoas havia se mudado pra parte de Tiro que ficava na ilha. Tiro era uma fortaleza, e possuía muralhas muito altas. O nome da cidade significava “a rocha”. Em 332 AC, Alexandre o Grande conquistou a ilha de Tiro, e em 323, após sua morte, Seleuco passou a controlar a Fenícia. Em 315, Tiro foi novamente destruída por outro general de Alexandre, Antígono.

*** Visão Bíblica ***: A cidade de Tiatira é mencionada apenas duas vezes na Bíblia. Primeiro, no livro de Atos, ao mencionar Lídia, vendedora de tecido púrpura. E segundo, ao falar nas sete igrejas em Apocalipse. Por outro lado, a cidade de Tiro é mencionada diversas vezes. Ela era conhecida como a cidade fortificada, e fortaleza (Josué 19:29; 2 Samuel * 24:7; Isaías 23:4). Podemos ler várias profecias a respeito de Tiro, a maioria delas fala sobre sua destruição (Isaías 23; Amós 1:9-10; Zacarias 9:3-4; Ezequiel 26:7-9; Ezequiel 26:12; Ezequiel 27). A Bíblia também menciona Tiro e Sidom em conjunto (Mateus 15:21; Joel * 3:4). Em um dado momento, Jesus visitou a região de Tiro e Sidon, e fez alguns milagres ali (Mateus 15:22; Marcos 7:31). Lemos também a passagem onde Paulo, Lucas, e seus companheiros ficaram com os cristãos de Tiro por sete dias, no caminho para Jerusalem (Atos 21:2-6).

Muitas coisas conectam Tiro e Tiatira. Ambas eram cidades comerciais, onde a venda da tintura púrpura era uma importante fonte de renda. E em certo momento, as duas foram governadas pela mesma pessoa. Mas a conexão mais forte entre Tiro e Tiatira é Jezabel. Lemos na Bíblia como Jezabel dividiu a igreja do Antigo Testamento, e em Apocalipse podemos ver como a Jezabel de Tiatira dividiu a igreja ali. Na lição #13, vimos que diferentes grupos de falsos profetas entre os membros da igreja estavam espalhando filosofias não-cristãs. Os Nicolaítas estavam presentes na primeira e terceira igrejas, e os seguidores de Balaão estavam presentes na terceira. Em Tiatira, Jezabel é quem estava causando uma divisão na igreja, e aparentemente ela tinha muitos seguidores. Ela estava influenciando os cristãos a participarem dos costumes pagãos, e o mais importante, ela estava seduzindo o povo com “alimentos” diferentes do Pão da Vida, e com cultos imorais que substituíram o culto ao Deus verdadeiro.

Para podermos começar a entender a profundidade da mensagem que Jesus está enviando à igreja de Tiatira, precisamos entender o conflito que havia acontecido séculos antes, no Antigo Testamento. O conflito entre a Verdade de Deus, e as falsas doutrinas dessa rainha chamada Jezabel. O tema principal na época de Jezabel, e aqui na carta para Tiatira, é o mesmo: a verdade, e adoração. Nós vamos discutir esse tema em mais detalhes no estudo #20.

A verdade havia sido substituída por ensinamentos que pertenciam à cultura pagã. As falsas doutrinas estavam sendo praticadas e propagadas abertamente. Com a maioria da congregação seguindo Jezabel, a igreja começou a caminhar em uma direção diferente do início. A identidade da igreja consequentemente passou por uma mudança. Ela deixou de ser a igreja original, fundada nos princípios estabelecidos por Cristo.

*** Visão Geral ***: É para a cidade mais insignificante do ponto de vista politico, intelectual, e cultural, que Jesus escreveu a carta mais longa das sete. A igreja em Tiatira se encontrava em uma situação muito diferente das três primeiras igrejas. A maioria dos membros da igreja havia passado a seguir os ensinos dos falsos profetas. Jezabel se tornou a imagem da igreja. A nova teologia que Jezabel e seus seguidores estavam pregando era uma mistura de algumas boas obras com os “profundos segredos de Satanás”. Essa combinação é tão perigosa e mortal que Jesus teve que dizer claramente: Ele irá atacar a igreja falsa para que todas as igrejas possam reconhecer que Ele é Deus onisciente, que exerce seu julgamento sobre todos. Mais uma vez, Jesus assegurou a Seus fiéis - a minoria que se encontrava ao Seu lado - que eles seriam vitoriosos se exercessem as obras de Deus e a Sua verdade. Uma grupo de pessoas seguindo Jesus uma vez perguntou: “[…] O que precisamos fazer para realizar as obras que Deus requer? Jesus respondeu: 'A obra de Deus é esta: crer naquele que ele enviou'.” (João 6:28-29).

   
Real time web analytics, Heat map tracking
© Hello-Bible 2016