Saturday, 23 April 2016 18:52

10. A chave de onde?! Apocalipse 1:12-20, Parte 3

Written by

17 Quando o vi, caí aos seus pés como morto. Então ele colocou sua mão direita sobre mim e disse: "Não tenha medo. Eu sou o primeiro e o último.

18 Sou aquele que vive. Estive morto mas agora estou vivo para todo o sempre! E tenho as chaves da morte e do Hades.

19 "Escreva, pois, as coisas que você viu, tanto as presentes como as que estão por vir.

 

PARTE 3 - Apocalipse 1:17-19

 

*** Quando o vi, caí aos seus pés como morto ***: Na Bíblia, vemos com frequência pessoas caindo aos pés de Jesus depois de experimentarem um encontro especial com o Filho de Deus. Pedro no barco (Lucas 5:8), o leproso samaritano que foi curado (Lucas 17:15-16), a mulher doente que tocou Jesus (Lucas 8:47), e muitos outros. Ezequiel também caiu com sua face em terra quando teve a visão sobre a glória de Deus (Ezequiel 1:26-28). Saulo, no caminho para Damasco é um outro exemplo (Atos 9:3-6). Um momento importante foi quando Pedro, Tiago, e João viram a Transfiguração de Jesus. Após ouvirem Deus falando da nuvem que cobria Jesus, eles "caíram prostrados com o rosto em terra, aterrorizados" (Mateus 17:1-8). Durante a visão, Daniel, e também João, tiveram uma experiência similar descrita na Transfiguração. Lemos em Daniel * 8:18 e em Daniel * 10:8-9 que Daniel caiu com sua face em terra, tremendo de medo. A cena da Transfiguração, e a visão com o mensageiro de Deus que Daniel e João tiveram, não foram encontros comuns com Cristo. Esses homens viram Jesus como o Céu O vê: Coberto com a glória de Deus. Eles devem ter sentido uma sensação extraordinária de medo que fez com que caíssem com o rosto em terra.

*** Então ele colocou sua mão direita sobre mim e disse: “Não tenha medo” ***: em todas as três ocasiões que mencionamos antes (a visão de Daniel, a Transfiguração, e a visão de João), os homens escutaram “não tenha medo” assim que caíram. É o próprio Jesus quem fala isso para eles. Em todas as três cenas, Jesus os toca, e restaura suas forças. Deus já havia prometido esse cuidado especial àqueles que tivessem esse potente encontro com Ele. Vemos essa promessa em Isaías 41:10: “Por isso não tema, pois estou com você; não tenha medo, pois sou o seu Deus. Eu o fortalecerei e o ajudarei; Eu o segurarei com a minha mão direita vitoriosa."

*** “Sou aquele que vive. Estive morto mas agora estou vivo para todo o sempre!” ***: Mais uma vez, Jesus se identifica. Ele apresenta Suas credenciais, que são as razões pelas quais não precisamos ter medo quando caímos aos Seus pés. Ele é o "Primeiro e o Último". Ele sempre existiu, e sempre vai existir. Ele é Vida. Ele é aquele que morreu, mas ressuscitou e agora vive por toda eternidade.

*** “E tenho as chaves da morte e do Hades” ***: Algumas versões da Bíblia traduzem a palavra Hades como inferno. Hades é a palavra grega hadēs, e na cultura grega, hadēs pode tanto ser um lugar quanto uma pessoa. Em outras palavras, o lugar dos mortos, ou aquele que tem domínio sobre os mortos. Os cristãos do primeiro século conheciam bem o conceito pagão e mitologia de Hades. Mas, a coisa mais importante para nós hoje (assim como também foi para os primeiros cristãos) é que precisamos ver esse conceito de "morte e Hades" sob a luz das Escrituras, para que não sejamos enganados por nenhum falso ensinamento pagão. A palavra em hebraico que corresponde a Hades é Sheol. Então vamos ver o que mais a Bíblia tem a nos dizer sobre morte e Hades/Sheol. Em Atos 2:29-33, Lemos que Jesus foi para Hades, ou como algumas traduções dizem, "o mundo dos mortos", o que significa: Jesus morreu. Mas o verso diz que Ele não foi abandonado em Hades (Ele não permaneceu morto). Ele ressuscitou para a vida, e agora se encontra exaltado ao lado direito do Pai. Essa passagem de Atos 2:29-33 é a explicação do Salmo 16, escrito por Davi séculos antes. Vamos pesquisar mais sobre Hades/Sheol enquanto sendo um lugar. O que a Bíblia diz que esse lugar é? No Salmo 88:3, Davi diz no texto original: “Minha alma está tão cheia de aflições, que está à beira de Sheol". Algumas versões traduzem Sheol como morte, ou sepultura. Outras usam a palavra original Sheol. Em Gênesis 37:35, vemos a extrema tristeza de Jacó quando ele achou que José estivesse morto. Ele disse que iria lamentar pela morte de José até o dia em que ele mesmo fosse para a sepultura (Sheol). Então podemos ver que Sheol não é um lugar para onde somente as pessoas ruins vão. Jesus, Davi, Jacó, e José tinham a expectativa de irem para Sheol quando morressem. O Salmo 49:14 nos diz que Sheol é o lugar onde a nossa aparência é decomposta e consumida. Então a tradução "sepultura" é uma tradução muito apropriada para Hades/Sheol como o lugar dos mortos. 2 Timóteo 1:10 nos diz que Jesus "aboliu a morte, e trouxe vida e imortalidade à luz". Ele superou a morte. Ele é maior que a morte. Ele tem domínio sobre a morte. Ele julga os mortos. Ele tem a chave da morte e da sepultura. Após a morte e ressureição de Cristo, o povo de Deus pode desfrutar vida eterna sem se preocupar com a segunda morte. Apocalipse 20:6 diz que a segunda morte não tem poder sobre o povo que tem o selo de Deus. As passagens de Apocalipse 21:4 são muito claras, e nos dizem que Satanás, as duas bestas, morte e Hades, juntamente com as pessoas cujos nomes não estiverem no livro da vida serão "jogadas no lago de fogo. O lago de fogo é a segunda morte”. Esta é a explicação de COMO não haverá mais morte ou sepultura, ou seres pecadores, ou dor, ou lágrimas (Apocalipse 21:4) depois que a própria morte e a sepultura, Satanás e as bestas, e os ímpios forem destruídos.

*** Tanto as presentes como as que estão por vir ***: Como discutimos em Apocalipse 1:1, sobre “as coisas que em breve devem acontecer”, os eventos relacionados ao tempo do fim começaram quando Cristo morreu, ressuscitou e ascendeu aos Céu. A mensagem que João está escrevendo para as sete igrejas era relevante para elas. Elas precisavam de muita ajuda. Como vamos ver quando entrarmos em mais detalhes sobre cada igreja, muitas coisas já estavam acontecendo. Mas a mensagem não era somente sobre as coisas presentes. Era também importante para as gerações futuras, uma vez que haviam coisas que só iriam acontecer mais à frente. É por isso que uma visão histórica é essencial no estudo de Apocalipse. Precisamos ver os eventos desde o começo da humanidade. Não podemos entender o fim se não entendemos como tudo começou.

*** Visão Geral ***: Frequentemente, na Bíblia, quando as pessoas têm um encontro especial com Cristo, elas caem aos pés de Jesus. A mão de Jesus estava sempre pronta para levantar, encorajar, e fortalecer essas pessoas. Ele queria assegurar Seu povo de que Ele é aquele que conquistou a morte. Jesus é quem está no controle, e um dia as forças oponentes serão destruídas para sempre, inclusive a própria morte. Ele é Aquele que Vive, que está dizendo para João escrever essa mensagem sobre as coisas que estavam acontecendo na época e também sobre as que aconteceriam em breve. Jesus deu a João todo esse panorama histórico, com referências aos tempos dos profetas e Moisés, para que possamos compreender que Ele ainda é o mesmo Deus que estava tão presente no passado, e que tem dado a Seu povo a mesma mensagem através dos tempos. Não podemos separar o começo do mundo de seu fim, porque o problema atormentando a humanidade no fim do mundo é o mesmo que afligiu Adão e Eva no início: o pecado. O eventos que “estão por vir" na terra são as coisas que vão acontecer como consequência daquelas que aconteceram no passado. Esses eventos futuros vão resultar na resolução do problema do pecado de uma vez por todas.

   
Real time web analytics, Heat map tracking
© Hello-Bible 2016