Saturday, 14 October 2017 09:45

85. A fonte da água faz diferença: Quem são os verdadeiros seguidores de Deus? * Apocalipse 12:12-17 - PARTE 2 de 2

Written by

12 Por isso alegrai-vos, ó céus, e vós que neles habitais. Ai dos que habitam na terra e no mar; porque o diabo desceu a vós, e tem grande ira, sabendo que já tem pouco tempo.

13 E, quando o dragão viu que fora lançado na terra, perseguiu a mulher que dera à luz o filho homem.

14 E foram dadas à mulher duas asas de grande águia, para que voasse para o deserto, ao seu lugar, onde é sustentada por um tempo, e tempos, e metade de um tempo, fora da vista da serpente.

15 E a serpente lançou da sua boca, atrás da mulher, água como um rio, para que pela corrente a fizesse arrebatar.

16 E a terra ajudou a mulher; e a terra abriu a sua boca, e tragou o rio que o dragão lançara da sua boca.

17 E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra ao remanescente da sua semente, os que guardam os mandamentos de Deus, e têm o testemunho de Jesus Cristo.

 

PARTE 2

 

*** O que o dragão fez? ***: Agora, vamos analisar com bastante atenção os versos nesse trecho. Nos últimos três estudos, vimos como a morte de Cristo, Sua ressurreição e ascensão ao trono de Deus significou que Satanás passou a ser um inimigo derrotado. O dragão percebeu que já não mais podia atacar Jesus diretamente, então ele voltou sua atenção para o povo de Deus. Mais uma vez, a palavra 'dragão' é usada como um símbolo para Satanás (Apocalipse 12:9), e a expressão 'mulher que dera à luz o filho homem' é usada como um símbolo para a Igreja cristã (veja os estudos #78 e #80 para mais detalhes). Satanás começou a perseguir a mulher (Apocalipse 12:13).

*** O que a mulher fez? ***: Há dois versos que falam sobre o que a mulher fez após o parto. Esses versos são muito importantes. Eles nos ajudam a entender a proteção de Deus, e nossa liberdade de aceitar ou não a Sua ajuda. Vamos analisar esses versos:

Apocalipse 12:6: “E a mulher fugiu para o deserto, onde já tinha lugar preparado por Deus, para que ali fosse alimentada durante mil duzentos e sessenta dias.

Apocalipse 12:14:E foram dadas à mulher duas asas de grande águia, para que voasse para o deserto, ao seu lugar, onde é sustentada por um tempo, e tempos, e metade de um tempo, fora da vista da serpente.

Após o parto, a mulher fugiu para o deserto. O que não podemos perder de vista aqui, é que o 'deserto' não era um lugar aleatório, para onde ela fugiu. Apocalipse 12:6 diz que a mulher foi para um “lugar preparado por Deus”. Assim como Ele havia guiado o antigo Israel ao deserto e providenciado alimento para o povo, Ele também guiou a mulher durante de seu momento de dificuldades. Ele providenciou de tudo para o Seu povo. Veja como Deuteronômio 8:12,14-16 descreve quão milagroso foi o cuidado de Deus para com Israel: “Não aconteça que, [...] o seu coração fique orgulhoso e vocês se esqueçam do Senhor, do seu Deus, que os tirou do Egito, da terra da escravidão. Ele os conduziu pelo imenso e pavoroso deserto, por aquela terra seca e sem água, de serpentes e escorpiões venenosos. Ele tirou água da rocha para vocês, e o sustentou no deserto com maná, que os seus antepassados não conheciam, para humilhá-los e prová-los, a fim de que tudo fosse bem com vocês.” (NVI). Preste atenção nos elementos perigosos contra as quais Deus protegeu Israel: serpentes, escorpiões e falta de água. Todos esses elementos estão presentes em Apocalipse, como vimos em nossos estudos anteriores. E também veja, na última parte do texto, o porquê dessa atitude de Deus: “para humilhá-los e prová-los, a fim de que tudo fosse bem com vocês”. Muitas vezes na Bíblia, Deus dirige Seu povo amado para o deserto, para que eles possam estabelecer e fortalecer a sua ligação com o Pai Celestial. Aqui estão alguns exemplos de como Deus guiou diversas pessoas pelo deserto: Davi (1 Samuel * 23:14), Elias (1 Reis 17:3-4), João Batista (Isaías 40:3-5; Mateus 3:1-3), e Jesus (Lucas 4:1,2; Mateus 4:11).

*** Asas de grande águia ***: A forma como a Igreja foi protegida durante sua jornada para o deserto não é nada menos que um milagre. Apocalipse 12:14 nos diz que a mulher recebeu asas de grande águia que lhe permitiram voar para o lugar que Deus havia preparado para ela. Ter asas como águias em um momento em que a força humana não seria suficiente para continuar a jornada, nos faz lembrar dos versos em Isaías 40:29-31: “Dá força ao cansado, e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor. Os jovens se cansarão e se fatigarão, e os moços certamente cairão; Mas os que esperam no Senhor renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão.” Como diz o versículo, o segredo é ‘esperar no Senhor’. Assim como Deus levou Israel para fora do Egito em Suas asas (Êxodo 19:4; Deuteronômio 32:11-12), Ele também preparou uma maneira de proteger a Igreja e de guiá-la com segurança em Suas asas.

*** Sustentada por um tempo, e tempos, e metade de um tempo ***: Esse período profético de tempo continua a aparecer em Apocalipse. Já discutimos isso muitas vezes. Veja os estudos #16, #20, #68, #71, #72 e #80). Esse é o momento em que as duas testemunhas estiveram profetizando vestidas de saco e em que os gentios pisaram sobre a cidade santa (Apocalipse 11:2,3, veja também Daniel * 7:25). Esse período abrange 1260 anos literais durante a Idade Média, durante os quais os cristãos sofreram muito, e praticamente não tinham acesso às Escrituras. Ainda assim, Deus manteve viva Sua mensagem, e ainda tinha seguidores fiéis durante todos esses anos. O estar no “deserto” tem mais a ver com o cuidado de Deus do que com o próprio deserto. O foco deve estar sobre a nutrição divina, e não sobre os perigos ao redor.

*** A arma da serpente ***: Como vimos na parte 1 desse estudo, a arma da serpente é água. O símbolo para Satanás neste versículo é 'serpente', que faz lembrar da forma que ele tomou quando ele enganou Eva no jardim do Éden (Gênesis 3:1-4). A água está saindo de sua boca. Assim como a verdade de Jesus sai da Sua boca como uma espada de dois gumes para libertar as pessoas do pecado (Apocalipse 1:16; Apocalipse 2:12; Hebreus 4:12), as mentiras de Satanás fluem para fora de sua boca para enganar as pessoas e prendê-las à morte. Jesus está oferecendo Sua água eterna, então nunca deveríamos ter sede espiritual. A água que emana de Jesus, ou seja, a Sua Verdade, não muda e dura para sempre. A mensagem de Deus é como um rio que flui na vida do Cristão, e que o leva à Vida Eterna (João 4:14; João 7:37-39; Apocalipse 21:6-7). Já o rio que flui da boca da serpente leva à morte eterna. Satanás quer inundar a igreja com ensinamentos venenosos. Podemos ver quão claro o verso em Apocalipse 12:15 é a respeito do que Satanás quer fazer com a Igreja. Ele deseja que ela seja levada pela corrente. Ele quer afogá-la com suas mentiras. E também quer prejudicar e enganar as pessoas.

*** O que a terra fez? ***: Vimos no nosso último estudo que, quando Satanás foi expulso do Céu, ele passou a perseguir as pessoas da terra e do mar. Nós estudamos em detalhes que os habitantes da terra e do mar representam aqueles que rejeitaram a mensagem de Deus. Essas pessoas já haviam sido enganadas pelo inimigo. A participação súbita da terra nessa secção pode levantar uma questão muito importante em nossas mentes. Se Deus já estava protegendo a mulher, será que ela realmente precisava de ajuda externa? Deus estava protegendo a mulher. A terra, porém, ofereceu ajuda e, em seguida, a mulher se viu confrontada com 2 opções: aceitar uma ajuda visível e rápida da terra ou a aceitar formas não convencionais de proteção de Deus. A mulher aceitou a ajuda da Terra, e então, a terra absorveu toda a agua envenenada da serpente, aparentemente salvando a Igreja dessa maneira. A Igreja começou a sofrer de envenenamento de segunda-mão. Ao escolher deixar a proteção de Deus, uma boa parte da Igreja começou a receber seu alimento da terra, a qual havia sido envenenada pela água que saiu da boca da serpente. Os ensinamentos falsos haviam sido incorporados à Igreja de uma forma muito discreta e gradual. A maior parte da Igreja havia sido comprometida. Tanto é que Apocalipse 12:17 diz que Satanás parou de perseguir exclusivamente a mulher e passou a perseguir “o remanescente da sua semente”, ou seja, aqueles que permaneceram fiéis a Deus. As imagens dos que se rebelaram contra Deus, sendo engolidos pela terra são vistas na Bíblia quando Corá, Datã e Abirã se rebelaram contra Moisés (Números 16:32; Números 26:10; Deuteronômio 11:6; Salmo 116:17). Essa visualização também é vista quando a terra engoliu os egípcios que estavam perseguindo os Israelitas ao fugirem para o deserto (Êxodo 15:12). Nesses exemplos, as pessoas rebeldes foram engolidas. Em Apocalipse, embora a terra estivesse abrindo sua boca para engolir, ela estava, na realidade, absorvendo mentiras, e não pessoas. Em ambos os cenários, onde a terra estava engolindo pessoas más ou ensinamentos maus, Deus ainda está no controle da situação. Ele permitiu que a terra engolisse a enxurrada, já que as pessoas envolvidas em cada uma dessas histórias haviam escolhido se afastar do plano original de Deus. Deus ainda estava trabalhando para salvar a Sua Igreja.

*** O que o remanescente fiel fez? ***: Quando lemos Apocalipse 12:17 muito rapidamente, corremos o risco de perder algo muito importante. O dragão estava irado contra a mulher, e ainda assim, ele parou de persegui-la e foi atrás dos seus remanescentes. Vemos aqui uma divisão no símbolo 'mulher'. Uma divisão que separa a parte da Igreja que havia aceitado a nutrição contaminada da terra, da parte da Igreja que havia permanecido fiel. A expressão “fazer guerra ao remanescente da sua semente” neste versículo é, em algumas versões, traduzido como 'saiu para guerrear contra o restante da sua descendência". A palavra remanescente vem do loipos palavra grega, que significa “o resto, os restantes”. Mas podemos nos perguntar: o que que o remanescente fez de tão diferente da mulher que levou o dragão a deixar a mulher de lado e ir atrás deles? A resposta vem no final de Apocalipse 12:17: “os que guardam os mandamentos de Deus, e têm o testemunho de Jesus Cristo.” Esta é a chave para compreendermos que tipo de veneno a serpente colocou na água. Ela queria enganar as pessoas para que quebrassem os mandamentos de Deus e abandonassem os ensinamentos de Jesus. Ao quebrarem os mandamentos de Deus (Êxodo 20), as pessoas quebram o espelho que lhes diz que precisam de um Salvador. Os mandamentos não podem salvar ninguém, mas podem lhes mostrar que precisam de um Salvador. Se as pessoas não reconhecem sua necessidade de Jesus, elas irão rejeitar a morte de Cristo na cruz como o pagamento por nossa transgressão. Sua morte não vai significar nada para elas. Desta forma, o ataque direto de Satanás nas pessoas passa a ser um ataque indireto contra o plano de Deus. O testemunho de Jesus aponta para o próprio Salvador. Esse testemunho é de Jesus, ou seja, ele é enviado a nós por Jesus e fala a respeito do próprio Jesus.

*** Visão Geral ***: Quando Satanás viu que havia sido vencido no final da guerra no Céu (Apocalipse 12:7,13), ele começou a atacar diretamente as pessoas. Seu ataque não foi apenas contra o povo de Deus, mas também contra todas as pessoas que haviam rejeitado a Sua Verdade. A arma é a mesma: os falsos ensinos que fluem da sua boca para enganar as pessoas e impedi-las de reconhecer sua necessidade de ter um Salvador que é Jesus Cristo. Deus sempre tem um plano para proteger Seus fiéis seguidores. Às vezes, esse plano pode parecer estranho, pode até levar os crentes para o deserto e a situações aparentemente perigosas. Mas Deus sempre fornece os cuidados de que necessitam. Cabe a nós confiar nEle, e aceitar Sua ajuda. A serpente está tentando impedir o povo de Deus de guardar os Seus mandamentos e quer manter a todos longe dos ensinamentos de Jesus. Mas é através da fé em Jesus que somos salvos por Sua graça. Não podemos nos afastar da verdade bíblica e trocá-la por tradições humanas simplesmente porque parecem ser mais convenientes. Os falsos ensinamentos que vêm da serpente parecem ser muito bons, e podem até trazer um sentimento superficial de conforto e segurança. Mas não devemos deixar que seu dilúvio de mentiras nos engane. O objetivo dessas mentiras é a nossa destruição. Devemos permanecer firmes na verdadeira fonte da Vida Eterna, onde brota a Água que permanece para sempre: Jesus.

   
Real time web analytics, Heat map tracking
© Hello-Bible 2016