Saturday, 10 June 2017 10:49

69. Comendo o pequeno livro: aprenda e divulgue * Apocalipse 10:8-11

Written by

8 Depois falou comigo mais uma vez a voz que eu tinha ouvido falar do céu: "Vá, pegue o livro aberto que está na mão do anjo que se encontra de pé sobre o mar e sobre a terra".

9 Assim me aproximei do anjo e lhe pedi que me desse o livrinho. Ele me disse: "Pegue-o e coma-o! Ele será amargo em seu estômago, mas em sua boca será doce como mel".

10 Peguei o livrinho da mão do anjo e o comi. Ele me pareceu doce como mel em minha boca; mas, ao comê-lo, senti que o meu estômago ficou amargo.

11 Então me foi dito: "É preciso que você profetize de novo acerca de muitos povos, nações, línguas e reis".
(Nova Versão Internacional)

 

*** Uma voz que vinha do céu ***: Até o momento descrito em Apocalipse 10:7, João ainda não sabia qual era o conteúdo do pequeno livro. Ele sabia de onde tinha vindo (do Céu), quem havia enviado (Deus), quem havia trazido (o anjo forte), e que era uma mensagem de importância global. A voz do céu disse a João que não escrevesse as palavras que os sete trovões haviam dito (Apocalipse 10:4). Em seguida, essa voz fez também um pedido um tanto incomum. João deveria interagir ativamente na visão: ele deveria "tomar o pequeno livro aberto da mão do anjo que está sobre o mar e sobre a terra" (Apocalipse 10:8).

*** Toma-o, e come-o***: A maneira como João experimentou pela primeira vez o conteúdo do pequeno livro foi de fato incomum, mas não única. Ezequiel também foi instruído em visão a comer o livro. Aqui está o texto de Ezequiel 2:9 a Ezequiel 3:4:

"Então vi, e eis que uma mão se estendia para mim, e eis que nela havia um rolo de livro. E estendeu-o diante de mim, e ele estava escrito por dentro e por fora; e nele estavam escritas lamentações, e suspiros e ais. E disse-me: Filho do homem, dá de comer ao teu ventre, e enche as tuas entranhas deste rolo que eu te dou. Então o comi, e era na minha boca doce como o mel. E disse-me ainda: Filho do homem, vai, entra na casa de Israel, e dize-lhe as minhas palavras."

O Anjo presente na visão de Ezequiel pediu que ele comesse um livro muito parecido com o livro selado que vimos em Apocalipse 5. Esse livro também havia sido escrito em ambos os lados (Ezequiel 2:9,10). Ezequiel deveria comê-lo antes de sair para pregar uma mensagem ao povo.

*** O gosto do pequeno livro ***: Ezequiel descreveu a respeito de sua experiência: na boca, o livro era doce como mel (Ezequiel 3:3). De forma semelhante, também é forte, a imagem simbólica no texto de Apocalipse 10:9-10. Tanto na visão de Ezequiel quanto na de João, o anjo não estava pedindo que comessem as páginas reais de um rolo. A importância do simbolismo está na sua mensagem, não nos elementos físicos que a transportam. Também não podemos nos esquecer de que em ambos os casos, os profetas estavam em visão. Eles não tinham como comer um livro fisicamente. No texto de Apocalipse, João está sendo solicitado a absorver a mensagem de maneira tão profunda que seria como tomar a verdade de Deus e incorporá-la ao mais íntimo da sua alma. O anjo pediu a Ezequiel e também a João para que vivessem a mensagem de forma completa. O sabor da mensagem de Deus é descrito em outras partes da Bíblia.

 

Jeremias "Achando-se as tuas palavras, logo as comi, e a tua palavra foi para mim o gozo e alegria do meu coração; porque pelo teu nome sou chamado, ó Senhor Deus dos Exércitos."
Ezequiel 3:3 "E disse-me: Filho do homem, dá de comer ao teu ventre, e enche as tuas entranhas deste rolo que eu te dou. Então o comi, e era na minha boca doce como o mel."
Salmo 19:8-10 "Os preceitos do Senhor são retos e alegram o coração; o mandamento do Senhor é puro, e ilumina os olhos. O temor do Senhor é limpo, e permanece eternamente; os juízos do Senhor são verdadeiros e justos juntamente. Mais desejáveis são do que o ouro, sim, do que muito ouro fino; e mais doces do que o mel e o licor dos favos."

 

 Na boca, a Palavra de Deus é descrita como sendo doce, e fonte de alegria. Mas vemos uma mudança drástica em seguida. O sabor amargo veio após o profeta ter ingerido a mensagem. Todas as pessoas que escreveram os versos mencionados na tabela acima estavam receptivas à Verdade, portanto, para elas, obter a informação de Deus foi uma experiência agradável, "doce como mel". No entanto, a digestão provou ser um desafio. Tanto o comer quanto o digerir do livro são símbolos da mensagem que está sendo espalhada por todo o mundo. O versículo de Ezequiel 3:4 nos diz que Ezequiel deveria ir para Israel e apresentar a verdade ao povo. Esse é um cenário muito mais difícil. Ezequiel tinha de pregar para um grupo que não seria tão receptivo quanto ao que ele tinha a dizer. Pregar o Evangelho nestas circunstâncias muitas vezes pode gerarfrustração, decepção, rejeição e até mesmo perseguição. Todas estas coisas tornam amargo no estômago, o dosto da experiência, assim como o anjo havia alertado.

*** Os povos e nações, e línguas e reis ***: João deveria profetizar novamente após comer o livro. Duas palavras se destacam nessa declaração: "novamente" e "profetizar". A palavra "novamente" implica que João já havia cumprido essa tarefa. Mas o anjo disse a João que as atividades deveriam se iniciar mais uma vez. Seu trabalho realmente ainda não havia terminado. A visão de João nos mostra que ele foi chamado a profetizar no interlúdio entre a sexta e a sétima trombetas. A palavra "profetizar" vem do grego prophéteuó. O HELPS word-studies nos diz que esta palavra é formada pela combinação de duas outras palavras: "pró", que significa "antes" e phēmí, que significa "elevar uma declaração sobre uma outra". Em outras palavras, isso significa "pregar" fortalecido pelo poder divino prenunciando, profetizando." João deveria pregar a mensagem de Deus, "a cerca de muitos povos e nações, e línguas e reis" (Apocalipse 10:11). Em Apocalipse 14:6-12, vemos a iminente pregação do Evangelho, com a primeira mensagem dos três anjos: "E vi outro anjo voar pelo meio do céu, e tinha o evangelho eterno, para o proclamar aos que habitam sobre a terra, e a toda a nação, e tribo, e língua, e povo" (Apocalipse 14:6)

Com base nestes textos, podemos ver que haverá uma proclamação final da mensagem de Deus. Jesus também mencionou este fato em Mateus 24:14: "E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim." O fim virá somente depois que a mensagem for apresentada de uma maneira global. A pregação no tempo do fim tem o objetivo de preparar as pessoas para o tempo do fim. A mensagem dos três anjos dá ao povo uma última oportunidade para ouvir a verdade, e tem como ponto central o louvor: o primeiro anjo saiu "Dizendo com grande voz: Temei a Deus, e dai-lhe glória; porque é vinda a hora do seu juízo. E adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas." (Apocalipse 14:7). Essa mensagem revela o carácter dAquele a Quem devemos adorar: o Criador do universo. E a mensagem do terceiro anjo também revela a existência de outra entidade que está tentando mudar o foco do louvor centralizado em Deus: "E seguiu-os o terceiro anjo, dizendo com grande voz: Se alguém adorar a besta, e a sua imagem, e receber o sinal na sua testa, ou na sua mão, também este beberá do vinho da ira de Deus, que se deitou, não misturado, no cálice da sua ira; e será atormentado com fogo e enxofre diante dos santos anjos e diante do Cordeiro." (Apocalipse 14:9,10). A besta e sua imagem querem se colocar numa posição de receberem o louvor e adoração das pessoas. Isso é diretamente contrário aos mandamentos de Deus.

*** Visão Geral ***: A mensagem do pequeno livro parece ser a respeito dos eventos do tempo do fim, tratando das questões as quais as pessoas que vivem nesse ponto da história estarão enfrentando: quem deveriam eles escolher como a fonte da verdade? A mensagem do pequeno livro traz a certeza de que Deus não irá perder esta batalha pela mente das pessoas. A verdade de Deus encoraja aqueles que estão dispostos a ouvir o que Deus tem a lhes dizer, a deixar que Deus transforme seu caráter. Eles estão prontos a deixar que a mensagem de Deus se torne uma parte integrante da sua existência. Eles têm como missão a pregação final do evangelho. No entanto, informar aos habitantes do mundo que eles estão sendo enganados por falsos ensinamentos e que eles devem abandonar as práticas que vão contra as instruções de Deus, pode ser uma grande fonte de decepção e frustração para o portador da mensagem. Isso irá deixar um gosto amargo, que não poderá ser evitado. Da mesma forma como Ezequiel e João experimentaram esse amargor, nós também o sentiremos, se estivermos dispostos a praticar a mensagem divina. O importante é estarmos dispostos - dispostos a internalizar a mensagem de Deus e nos arrependermos. Deus está nos chamando para entrarmos em ação. Aprender o que Deus está nos dizendo não é suficiente. Temos que viver a verdade que aprendemos para testemunhar aos outros da nossa experiência transformadora com o único ser que é digno do nosso louvor, o Senhor Deus, o Todo Poderoso.

   
Real time web analytics, Heat map tracking
© Hello-Bible 2016