Saturday, 06 May 2017 18:40

64. A sétima trombeta: hora de comemorar * Apocalipse 11:15-19- Parte 1 de 2

Written by

15 E o sétimo anjo tocou a sua trombeta, e houve no céu grandes vozes, que diziam: Os reinos do mundo vieram a ser de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará para todo o sempre.

16 E os vinte e quatro anciãos, que estão assentados em seus tronos diante de Deus, prostraram-se sobre seus rostos e adoraram a Deus,

17 Dizendo: Graças te damos, Senhor Deus Todo-Poderoso, que és, e que eras, e que hás de vir, que tomaste o teu grande poder, e reinaste.

 

Parte 1 - Apocalipse 11:15-17

 

*** Contexto ***: Após a sexta trombeta, vemos um interlúdio semelhante ao que vimos entre o sexto e o sétimo selos. Iremos estudar esse interlúdio nas lições seguintes. Por enquanto, vamos continuar com a última trombeta, e ver o que acontece ao soar do último "ai".

Em Apocalipse 10:5-7, vemos que um anjo faz um anúncio importante. O fim irá somente ocorrer quando a última trombeta tocar. Quando isso acontecer, o "segredo de Deus" será completamente cumprido. Deus vem revelando Seu segredo através dos profetas por todos os tempos. Uma parte de Seu segredo é revelada na pregação do Evangelho ao mundo. O exército de Deus irá terminar a proclamação do evangelho ao som da última trombeta: "E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim" (Mateus 24:14).

*** O anúncio ***: Quando o sétimo anjo tocar a trombeta, os seres celestiais irão proclamar algo importante. O "segredo de Deus" está completo, e por isso eles anunciam em "grandes vozes": "[...] Os reinos do mundo vieram a ser de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará para todo o sempre." (Apocalipse 11:15). A última vez que vimos o coro celestial dizendo algo em grande voz, eles estavam louvando a Jesus (Apocalipse 5:12). Nesses dois momentos, os vinte e quatro anciãos caíram em terra e adoraram a Deus após terem feito o anúncio.

Apocalipse 5:12,14 Apocalipse 11:15,16
"Que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riquezas, e sabedoria, e força, e honra, e glória, e ações de graças." "E o sétimo anjo tocou a sua trombeta, e houve no céu grandes vozes, que diziam: Os reinos do mundo vieram a ser de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará para todo o sempre."
"E os quatro animais diziam: Amém. E os vinte e quatro anciãos prostraram-se, e adoraram ao que vive para todo o sempre." "E os vinte e quatro anciãos, que estão assentados em seus tronos diante de Deus, prostraram-se sobre seus rostos e adoraram a Deus"

A cena que João descreve imediatamente após o soar da trombeta, acontece no Céu. Isso é diferente do que aconteceu ao toque das trombetas anteriores, onde a cena seguinte ocorre na Terra. O evento que acontece em seguida ao toque da trombeta dá início a um serviço especial de adoração no Céu.

*** O reino desse mundo ***: Quando Deus completou a criação do nosso planeta, Ele deu a Adão e Eva o governo desse novo reino (Gênesis 1:26-30). Quando eles pecaram, os seres humanos perderam o domínio sobre a Terra, e o entregaram àquele a quem eles deram ouvidos: Satanás. Ele passou a ser o "príncipe desse mundo", como Jesus se referiu a ele algumas vezes (João 12:31; João 14:30; João 16:11). Jesus teria que providenciar uma maneira de tomar de volta o governo desse mundo, para que pudesse libertar as pessoas da escravidão do pecado. Sob o domínio de Satanás, as pessoas se encontram atadas pelo pecado. Quando elas acreditam no sacrifício que Jesus fez por elas, elas são libertas do pecado, e já não mais pertencem ao inimigo. Jesus pagou o preço para adquirir o "reino desse mundo". Ao acreditarmos nas mentiras de Satanás, perdemos nossa liberdade. Ao acreditarmos na Verdade de Jesus, ganhamos a liberdade de volta.

*** O reino de nosso Senhor e de Seu Cristo ***: A última trombeta anuncia que o reino desse mundo está sob nova administração. Esse reino Se tornou o reino de "Nosso Senhor e de Seu Cristo" (Apocalipse 11:15). O significado da palavra 'Cristo' é muito especial. Cristo não é o sobrenome de Jesus. 'Cristo' é um título. A palavra vem do grego, Cristos, que significa "o ungido". Cristos é o equivalente direto da palavra em hebraico 'Messias', que também significa 'o ungido'. O rei de Israel era comumente chamado de 'ungido' (Salmo 2:2; 1 Samuel * 24:6; 2 Samuel * 3:39; 2 Samuel * 22:51). Os termos 'ungido' e 'rei' estão relacionados no que se trata do governo exercido sobre o povo escolhido de Deus. Jesus foi quem o Pai havia escolhido para se assentar com Ele em Seu trono, e governar o Universo juntos. O reino da Terra passou a ser o reino do Pai e do Filho. Esse reino durará para sempre, assim como a profecia que lemos em Daniel * 2:44 diz: "Mas, nos dias desses reis, o Deus do céu levantará um reino que não será jamais destruído; e este reino não passará a outro povo; esmiuçará e consumirá todos esses reinos, mas ele mesmo subsistirá para sempre".

*** Os vinte e quatro anciãos adorando ***: Quando todos reconheceram que o perfeito reino do Senhor e de Seu Cristo duraria para sempre, os vinte e quatro anciãos se prostraram sobre seus rostos para adorar a Deus e lhe dar graças por aquilo que Ele havia feito. Eles se dirigem a Deus como "Senhor Deus Todo-Poderoso" (Apocalipse 11:17). O que eles dizem em seguida pode ser diferente, dependendo do manuscrito em que se baseia a versão da Bíblia. As versões baseadas no Textus Receptus dizem: "que és, e que eras, e que hás de vir" (Apocalipse 11:17). As versões baseadas nos manuscritos Sinaíticos dizem nesse mesmo verso: "que és e que eras", e omitem "que hás de vir". A expressão grega para "hás de vir" é erchomenos e foi usada em Apocalipse 1:4, em referência ao Pai (veja o estudo #5). Também vemos essa expressão em Apocalipse 1:8, em uma declaração semelhante à de Apocalipse 11:17: "'Eu sou o Alfa e o Ômega', diz o Senhor Deus, 'o que é, o que era e o que há de vir, o Todo-poderoso'." (Apocalipse 1:8). De qualquer forma, essa é uma clara referência a Deus. Os vinte e quatro anciãos O identificam como sendo aquEle no comando. Algumas versões usam o termo "reinaste", para a palavra grega ebasileusas. Essa palavra grega na verdade seria melhor traduzida como "começou a reinar". Quando levamos tudo isso em consideração, podemos entender que o serviço especial de louvor é comemorativo, marcando o início do reino eterno do Senhor Todo-Poderoso.

*** Visão Geral ***: A sétima trombeta é recebida com muita alegria no Céu. Seres celestes adoram a Deus com grande voz, e estão agradecidos por tudo que Deus fez por eles. O Senhor Todo-Poderoso é o líder supremo do Universo. Sua verdade se espalhou por toda a Terra. Todos tiveram uma chance de tomar uma decisão. O "segredo de Deus" foi revelado aos seres humanos. Com a Segunda Vinda de Jesus, o reino desse mundo passa a ser o reino do Pai e do Filho, e juntos, em uníssono, começam Seu reino eterno. No capítulo 5 de Apocalipse, quando Jesus asentou-Se ao lado direito do Pai, eles estavam reinando indubitavelmente sobre o resto do Universo. Mas a Terra ainda tinha pessoas sendo influenciadas pelos argumentos do acusador. Deus ainda está dando uma chance aos moradores da Terra, para que mudem de ideia, se arrependam, e se voltem para Ele. Ao soar da sétima trombeta, acaba o tempo de mudar de lado. Quando esse momento chegar, aqueles que ouviram o que o Espírito vinha falando todo esse tempo - aqueles que permaneceram fiéis até o fim, serão preenchidos por uma alegria e gratidão transbordantes, porque chegou o tempo do reino de Deus começar, em todo Seu poder.

   
Real time web analytics, Heat map tracking
© Hello-Bible 2016