Saturday, 18 March 2017 19:32

57. A quinta trombeta: Deus continua no controle * Apocalipse 9:1-12 - Parte 1 de 4

Written by

1  E o quinto anjo tocou a sua trombeta, e vi uma estrela que do céu caiu na terra; e foi-lhe dada a chave do poço do abismo.

2  E abriu o poço do abismo, e subiu fumaça do poço, como a fumaça de uma grande fornalha, e com a fumaça do poço escureceu-se o sol e o ar.

3  E da fumaça vieram gafanhotos sobre a terra; e foi-lhes dado poder, como o poder que têm os escorpiões da terra.

 

Parte 1 - Apocalipse 9:1-3

 

*** Estrela que caiu do Céu ***: Vimos a estrela que caiu do Céu quando falamos sobre a terceira trombeta (Apocalipse 8:10-11). No estudo #54, vimos que a Estrela que caiu do Céu era Satanás. Ele era conhecido como Lúcifer antes de ser expulso do Céu. Lemos sobre a sua queda em Isaías 14:12-21. "Como caíste desde o céu, ó Lúcifer, filho da alva! Como foste cortado por terra, tu que debilitavas as nações!" (Isaías 14:12).” Com base em Apocalipse 9:1 e Apocalipse 9:11, podemos ver que a estrela que caiu do Céu é também identificada como sendo o anjo do poço do abismo. Sua queda aconteceu antes do toque das trombetas. Na terceira trombeta, a Estrela caída se chamava Absinto, que envenenou a mensagem original do Evangelho (simbolizado pelo termo 'águas'). Misturou a verdade com falsos ensinamentos e deu essa mistura de beber ao povo. As águas envenenadas causaram a morte de muitos.

*** A chave do poço do abismo ***: Antes de falarmos sobre a chave, precisamos primeiro entender o que é o poço do abismo. A expressão grega usada aqui é “phreatos tēs abyssou”. Ela significa exatamente buraco do abismo. A palavra abismo é também encontrada em Gênesis 1:2: "E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas." A palavra hebraica traduzida como "abismo" é ṯə-hō-wm. Algumas versões traduzem esse termo como "profundezas". Vemos a palavra ṯə-hō-wm usada também na história do Dilúvio. A Bíblia diz que "No ano seiscentos da vida de Noé, no mês segundo, aos dezessete dias do mês, naquele mesmo dia se romperam todas as fontes do grande abismo, e as janelas dos céus se abriram" (Gênesis 7:11, veja também Gênesis 8:2). Esses não são os únicos exemplos onde a palavra abismo é usada. Foi usada também para descrever um lugar vazio, de desolação (Jeremias 4:23-30). Um conceito semelhante é encontrado em Ezequiel 26:19, com a palavra "assolada" ou "abandonada"; e em Isaías 24:21-23, com a palavra "masmorra", onde os exércitos rebeldes do Céu e os reis da Terra serão confinados antes de sua punição (Isaías 24:21-23).

Vamos agora falar sobre a chave desse lugar. Essa chave é um instrumento que pode fechar ou abrir o abismo. Sozinha, a chave é apenas um objeto. Sua importância vem do saber quem a tem e quem pode usá-la. 'Chave' é um símbolo de autoridade e de controle. Lemos no Novo Testamento, que Jesus é quem tem o poder de enviar as forças demoníacas para o abismo. Certa vez, Jesus retirou muitos demônios de um homem (Lucas 8:26-39). Eles estavam sujeitos ao comando de Jesus para deixarem aquele homem. O poder de Deus era (e ainda é) maior que a força que os anjos caídos podem ter sobre as pessoas. Os demônios imploraram que Jesus "não os mandasse para o abismo" (Lucas 8:31). Jesus não somente tinha o poder para mandar que saíssem do homem, mas também para mandar todos eles para o abismo. Jesus é quem tem as chaves do poço do abismo. Jesus é também aquEle que tem as chaves da morte e dos sepulcros (Apocalipse 1:18; veja estudo #10).

A palavra abismo é um símbolo da capacidade que Deus tem de deter e restringir os anjos maus enquanto eles aguardam Seu julgamento. É mais importante entender esse conceito do abismo como sendo o poder que Deus tem sobre eles, do que como um local real ou caverna subterrânea onde eles se reúnem. O ponto é: Deus está no controle (Judas 1:6; 2 Pedro 2:4; Apocalipse 20:1-3). Eles não podem prosseguir com suas atividades a não ser que Deus lhes dê a permissão. Os verso em Apocalipse 9:1,2 nos diz que Satanás recebeu permissão de sair do abismo e iniciar seu trabalho de cobrir a Terra com sua fumaça. A princípio, essa ação pode parecer estranha. Nós não compreendemos tudo que Deus enxerga da situação em que nos encontramos. Da mesma maneira como Deus deu a Satanás permissão para testar Jó (Jó 1:6-12), Ele está dando permissão para que Satanás prepare seus ataques na Terra. Jó saiu de sua experiência com um relacionamento com Deus muito mais forte e com uma confiança no Senhor mais revigorada. Do mesmo modo, os ataques do inimigo não poderão derrubar as pessoas do caminho da Eternidade se elas confiarem em Deus completamente, mesmo quando não estiverem compreendendo o que estiver acontecendo.

*** Fumaça saiu do abismo, e escureceu o sol e o ar ***: Assim que Satanás recebeu a permissão de agir, vários símbolos foram usados no texto para nos dizer o que aconteceu em seguida. O primeiro símbolo é fumaça, que saiu do poço do abismo. João descreve essa fumaça como a que sai de uma fornalha. No Antigo Testamento, o termo "fumaça de fornalha" aparece na descrição da destruição de Sodoma e Gomorra (Gênesis 19:28) e quando o Senhor desceu no Monte Sinai, para dar a Moisés os Dez Mandamentos (Êxodo 19:18). No fim do verso em Apocalipse 9:2, vemos que a fumaça saindo do abismo é responsável pelo escurecimento do sol e do ar. Ao contrário do escurecimento que ocorreu na quarta trombeta, que foi parcial e afetou um-terço dos astros, a escuridão vista no quinto selo é completa. Até mesmo o ar é afetado. Esse tipo de escuridão nos faz lembrar da escuridão descrita na nona. praga do Egito (Êxodo 10:21). Nesse ponto do verso de Apocalipse, ainda não sabemos do que essa fumaça se trata. Apenas sabemos seu efeito: escuridão na Terra.

*** Gafanhotos saem da fumaça ***: O fato de a escuridão de Apocalipse 9:2 também afetar o ar, não é uma coincidência. A razão disso se torna clara no texto seguinte: do poço do abismo saiu voando uma nuvem de gafanhotos. Nas pragas do Egito, vemos a praga dos gafanhotos (Êxodo 10:1-20), que aconteceu imediatamente antes da praga da escuridão que mencionamos antes. Durante a praga dos gafanhotos, a terra do Egito também foi coberta de escuridão (Êxodo 10:15). Escuridão e gafanhotos são símbolos dos julgamentos de Deus (Joel * 1:1-12). A consequência da rejeição à luz é a escuridão espiritual (João 3:18-21).

*** Gafanhotos com poder de escorpião ***: Os gafanhotos saindo do abismo não eram gafanhotos comuns. Eles haviam recebido poder para serem como escorpiões. Mais uma vez, temos aqui a expressão "foi-lhes dado poder". Esses gafanhotos receberam a permissão de fazer seu trabalho com habilidades de escorpião. Eles parecem estar numa missão de vida ou morte. A natureza dessa cena é bastante simbólica, o que se acentua pelo fato desses gafanhotos se comportarem de uma maneira diferente do que naturalmente haveria de se esperar. Mas isso vai se tornar mais claro nos próximos estudos.

*** Visão Geral ***: O poço do abismo são as circunstâncias pelas quais os anjos caídos são restringidos e atados sob o poder de Deus. Eles não têm permissão de agir e obliterar a humanidade. Deus respeita o livre arbítrio dos seres humanos tão profundamente, que Ele permite que as pessoas escolham em quem querem acreditar. Em alguns momentos, Ele permite que as forças demoníacas entrem em ação. As pessoas têm que fazer uma escolha. Será que querem acreditar nas águas contaminadas e na nuvem de gafanhotos e, ao mesmo tempo, rejeitar a Luz da Vida? Ou será que querem receber Cristo em suas vidas, e seguirem a verdade de Deus? Os primeiros três versos da quinta trombeta parecem ser assustadores. Mas o ponto principal que precisamos focalizar é que Deus é quem está no controle da situação. Ele sabe o quanto limitar as atitudes desses anjos caídos que estão saindo da restrição em um enxame. Precisamos manter em mente a história de Jó, e nos lembrarmos de que se formos fiéis, nossa salvação é garantida. Podemos não entender os métodos de Deus. Podemos até não entender o próprio Deus. Mas podemos confiar no Seu poder e santidade, e nos assegurarmos de que tudo que Ele faz é com a intenção de nos fazer saber que Ele é Deus.

   
Real time web analytics, Heat map tracking
© Hello-Bible 2016