Saturday, 25 February 2017 22:23

54. A terceira trombeta: envenenando a verdade * Apocalipse 8:10-11

Written by

10 E o terceiro anjo tocou a sua trombeta, e caiu do céu uma grande estrela ardendo como uma tocha, e caiu sobre a terça parte dos rios, e sobre as fontes das águas.

11 E o nome da estrela era Absinto, e a terça parte das águas tornou-se em absinto, e muitos homens morreram das águas, porque se tornaram amargas.

 

*** Uma grande estrela caiu do Céu ***: Na lição #9, estudamos a respeito do mistério das sete estrelas na mão direita de Jesus. Aquelas estrelas eram os mensageiros das igrejas, e Jesus os chamou de anjos (Apocalipse 1:20). A palavra ‘anjo’ em grego é angeloi, e em hebraico é mal·’aḵ. Ela significa mensageiro, ou representante. Mesmo tendo, no Antigo Testamento, uma referencia ao líder da igreja como sendo “mensageiro [mal·’aḵ] do Senhor” (Malaquias 2:7), esse trecho de Apocalipse parece concordar com o significado mais comumente encontrado na Bíblia. No Antigo Testamento, a palavra mal·’aḵ é freqüentemente traduzida como o ser celestial ‘anjo’, como vemos em Juízes 2:4. O anjo/estrela da terceira trombeta é, no entanto, diferente. Ele era grande, e havia caído do Céu como uma tocha. Isaías 14:12-15 fala sobre a queda de Lúcifer que se tornou conhecido como Satanás após sua queda: "Como caíste desde o céu, ó Lúcifer, filho da alva! Como foste cortado por terra, tu que debilitavas as nações! E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei, aos lados do norte. Subirei sobre as alturas das nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo. E contudo levado serás ao inferno, ao mais profundo do abismo.” Lúcifer era um dos mais elevados anjos do Céu. Mas, seus pensamentos egoístas passaram a ter controle sobre ele, e ele começou a desejar a posição que pertence somente a Deus. Ele queria ser deus. Seu comportamento já não mais era compatível com a maneira que Deus dirige as coisas. A rebelião de Lúcifer o levou a ser lançado para fora do Céu. Jesus mencionou a queda de Satanás em Lucas 10:18: “E disse-lhes: Eu via Satanás, como raio, cair do céu.

*** A estrela caiu sobre um-terço dos rios e fontes das águas ***: Vamos ver a expressão ‘um-terço’ repetidas vezes nas primeiras quatro trombetas. Os julgamentos deveriam cair em apenas um-terço do grupo. Nesse caso, o texto menciona “rios e fontes das águas”. Veja a explicação completa sobre o significado de ‘um-terço’ na lição #53. Resumindo, o termo um-terço é sempre uma referência ao contexto sendo apresentado de forma incompleta, e está relacionado àqueles que se opõem à verdade. Isso também ocorre na terceira trombeta. Aqueles que rejeitaram a mensagem de Jesus são o alvo dessa praga. Então, o julgamento continua a ser parcial. O julgamento em si, está para vir na forma de rios e fontes. A grande estrela caiu nessas águas. Jesus disse: “Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre.” (Joao 7:38). Ele também disse em Apocalipse 21:6: “E disse-me mais: Está cumprido. Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim. A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida.” O alimento espiritual provém da Água Viva espiritual, que mantém vivos todos aqueles que aceitarem a fonte dessa água: Jesus. Fontes das águas representam os ensinos que podem enriquecer o crescimento espiritual de uma pessoa. É o conhecimento que vem da verdade.

*** A estrela era Absinto ***: A palavra absinto vem do grego absinthes, e do hebraico la-‘ă-nāh. Esses termos se referem à planta conhecida por ser muito amarga (às vezes traduzido como “raiz que dê veneno”) (Deuteronômio 29:17-18; Lamentações 3:19). Lemos em Jeremias 9:13-15, os avisos de Deus a respeito de como Ele daria ao povo, absinto (losna) e água de fel, por causa da sua desobediência à Lei de Deus. No Antigo Testamento, absinto (la-‘ă-nāh) é o símbolo da punição de Deus por causa de desobediência e apostasia. As águas mencionadas em Apocalipse 8:10 são diferentes da fonte pura e original que Jesus oferece. Quando o absinto caiu em uma parte das águas da Terra, fez com que parte delas se tornasse veneno (apenas um terço das águas se tornou venenoso - Apocalipse 8:11). A água ficou contaminada, e as pessoas começaram a beber de uma mensagem espiritual que estava misturada com impurezas. A água amarga representa uma mensagem espiritual que está incompleta, ou cheia de meias verdades, e mentiras. As águas se tornaram amargas como consequência da apostasia das pessoas. Apocalipse 8:11 diz que a própria estrela se chamava Absinto. Satanás é o responsável por introduzir ensinamentos falsos misturados com a mensagem verdadeira de Deus. Satanás contaminou a mensagem, e ele a está servindo para todos que quiserem beber de suas mentiras.

*** Um-terço das águas se tornou em absinto, e muitos morreram ***: A punição das águas impuras não caiu sobre a população inteira. Caiu apenas sobre um-terço das águas. Da mesma maneira como ocorreu na primeira e segunda trombetas, a terceira trombeta não é final ou total para com a humanidade (veja o estudo #52 para uma explicação mais detalhada sobre ‘um-terço da Terra’. A palavra de Deus se tornou misturada com tradição humana. Argumentos alterados envenenaram a mensagem de Deus, como uma tentativa de matar de sede aqueles que não quisessem beber da fonte inalterada e de potência máxima da Água Viva, vinda diretamente das mãos de Jesus. Assim como vimos nos estudos das Sete Igrejas, falsos profetas começaram a introduzir mensagens contrárias aos ensinamentos de Deus. Naquela época, esses falsos ensinamentos não foram facilmente identificados como sendo falsos, ou essencialmente maus. Eles faziam sentido, e pareciam ser bons. O vencedor só consegue identificar esse tipo de mentira através de uma cuidadosa pesquisa das Escrituras. Essa é a única maneira de nos protegermos contra sermos envenenados com a água amargosa de Satanás. Apocalipse 8:11 diz que muitos que beberam dessa água envenenada, morreram. A morte espiritual é inevitável quando não estamos conectados à Fonte da Vida.

*** Aplicação profética ***: À primeira vista, parece estranho que Deus é quem está a cargo da poluição da água, quando na verdade Satanás é quem está poluindo a verdade. Jeremias 9:13-15 diz: “E disse o Senhor: Porque deixaram a minha lei, que pus perante eles, e não deram ouvidos à minha voz, nem andaram nela, antes andaram após o propósito do seu próprio coração, e após os baalins, como lhes ensinaram os seus pais. Portanto assim diz o Senhor dos Exércitos, Deus de Israel: Eis que darei de comer losna [la-‘ă-nāh] a este povo, e lhe darei a beber água de fel.” (Veja também Jeremias 8:14; Jeremias 23:15). Não é Deus quem está poluindo a água, mas Ele permite que a poluição aconteça. Ele permite que as consequências das escolhas das pessoas aconteçam. Ele permite que todos os participantes da grande rebelião espiritual na Terra, revelem quem realmente são. Dessa forma, ficará claro ao Universo inteiro, que Deus é quem Ele diz ser. Deus é amor, e Ele quer dar a todos uma chance para que O conheçam, e para que busquem na Bíblia, a verdade. Vimos esse período histórico e profético, de fome espiritual, quando estudamos a igreja em Tiatira. Para relembrar: a primeira trombeta lidou com a queda de Jerusalém, e a segunda trombeta se referiu à queda do Império Romano. A terceira trombeta representa o período que vem em seguida à segunda trombeta, que, historicamente, foi o período conhecido como Idade Média. Durante esse tempo, as pessoas tinham pouco ou nenhum acesso às Escrituras. Perseguição, fome, e doenças eram a norma. A igreja passou por uma fase de apostasia e deterioração espiritual, ao mesmo tempo em que doutrinas alteradas começaram a encharcar a pura mensagem do Evangelho. As verdades bíblicas começaram a ser trocadas por tradições e ensinamentos que não eram bíblicos.

*** Visão Geral ***: Paulo fala a respeito desse grande período de apostasia que viria sobre a igreja (2 Tessalonicenses 2:1-12). Ele menciona “o que o detém” (verso 6 e 7), em referencia ao Império Romano, que estava detendo esse processo. Profeticamente, o período da terceira trombeta só poderia acontecer após a queda da Roma pagã (segunda trombeta). Os eventos históricos que ocorreram durante o período da segunda trombeta causaram as mudanças dentro da igreja durante a Idade Média. O afastamento da mensagem original de Deus em direção às tradições humanas e ensinamentos que não eram baseados nas Escrituras, extraviaram as pessoas do caminho correto, e as levaram à morte espiritual. As águas poluídas foram derramadas dentro da igreja, e as pessoas foram encorajadas a abrirem suas mentes e aceitarem esses falsos ensinamentos. Apesar de isso refletir uma situação que aconteceu no passado, muitos desses ensinamentos falsos introduzidos naquela época, ainda estão sendo passados adiante nos dias de hoje. Nossa única proteção contra esses ensinamentos venenosos e mortais é mergulhar completamente dentro da Palavra de Deus, que é a pura e verdadeira fonte de Água Viva. Se uma doutrina não é baseada na Bíblia, não vale a pena segui-la.

   
Real time web analytics, Heat map tracking
© Hello-Bible 2016